Questão de ética

Nesses tempos de CPI dando aos cachos, uma pequena história retirada da história deste mesmo país em que pizza é sinômino de governo (ou será o contrário?)

Ao assistir Lula defendendo seu filho que recebeu R$ 5 milhões da TELEMAR  para tocar uma empresa, Élio Gáspari publicou esta história, retirada do fundo do  baú:

Em 1966 o presidente Castello Branco leu nos jornais que seu irmão,  funcionário e com cargo na Receita Federal, ganhara um carro Aero-Willys,  agradecimento dos colegas funcionários pela ajuda que dera na lei que  organizava a carreira.

O presidente telefonou, mandando-o devolver o carro.

O irmão argumentou que se devolvesse ficaria desmoralizado em seu cargo.

O presidente interrompeu-o: “Meu irmão, afastado do cargo você já está.  Estou decidindo agora se você vai preso ou não.”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *