Ottawa – Parte II

Continuando a viagem a Ottawa, estávamos no Byward Market a procura de um lugar pra comer. Como éramos praticamente uma excursão (14 pessoas, sendo um bebê no carrinho) a grande dificuldade era encontrar um lugar onde todo mundo coubesse. Além disso, a idéia era comer rápido pra poder dar tempo de passar. Mais tarde a gente pararia em outro lugar pra comer mais dignamente.

Infelizmente os restaurantes do mercado e nas imediações não eram lá muito grandes, então acabamos parando parando no McDonalds mesmo. Eu sei, eu sei, fantástica alimentação, mas não tinha lá muita saída. Uma próxima vez que a gente for pra Ottawa vou parar com calma pra comer melhor. Com todo mundo alimentado, fomos em busca das Tulipas. Ninguém sabia exatamente onde era o lugar exato. De posse do Black Berry resolvi usar o Google Maps pra procurar o lugar. O resultado da busca era muito obvio, com três links. Peguei o primeiro que dizia:

Full-screen

Canadian Tulip FestivalAddress:
112 Nelson St
Ottawa, ON K1N 7R5, Canada
(613) 567-4447

  

* approximate times

 

tulipfestival.ca

Eu acreditei porque tinha credibilidade e além do mais, era ali perto. Ledo engano. O lugar apontado pelo endereço era no meio da cidade, atrás de um supermercado, totalmente cimentado, sem nem um canterinho que pudesse ter uma tulipinha… Não preciso dizer que quase fui espancado pela multidão. Afinal, mesmo sem estar muito frio, ventava bastante e era o suficiente pra ficar tremendo.

Onde diabos haveria uma tulipa nesse lugar?

Onde diabos haveria uma tulipa nesse lugar?

Com frio e naturalmente indiganos, partimos pro boca-a-boca. E quem disse que ajudava perguntar? Ninguém sequer sabia onde diabos era qualquer um dos parques onde haveria o festival. Pelo menos até a gente encontrar um bêbado na rua que comentou algo sobre um tal de Dow’s Lake e que talvez fosse lá. De posse de um GPS pegamos o endereço e seguimos pra lá. Não tínhamos nada a perder mesmo.

Pelo caminho conhecemos o tal do Rideau Canal de mais de perto. Construído em 1800 e guaraná de rolha, o Rideau liga Ottawa a Kingston e foi tombado como patrimônio da humanidade. Ele também serve de diversão pra quem mora por lá, sendo navegável por botes ou pequenos barcos durante as épocas quentes e fica totalmente congelado durante o inverno, sendo uma ótima opção para patinar. O canal ainda mantem as mesmas estruturas de quando foi construído, passando apenas por manutenções preventivas periodicamente. Coincidentemente o caminho indicado pelo GPS seguia lado-a-lado pelo canal até que chegamos no tal do Dow’s Lake. E não é que era lá mesmo?

Tulipas, tulipas e muuuuitas tulipas

Tulipas, tulipas e muuuuitas tulipas

Eu não vi as 300 mil tulipas que falava no site do festival, mas com certeza vi muitas. E tenho que concordar, os tais dos Holandeses são bons no cultivo dessa planta. Claro que a parta masculina do passeio esperava uma variedade maior de plantas, e não apenas de cores e formatos diferentes. Talvez algo como uma tulipa de 2 metros de altura ou uma geneticamente modificada tulipa carnívora ou mesmo uma tulipa que cantasse besame mucho, mas tudo bem.  Não tinha mais o que fazer. Mesmo que eu tivesse tirado foto de TODAS as tulipas do lugar, mesmo assim 1 hora no parque era mais que suficiente.

Recém-casados... já com um moleque junto =)

Recém-casados... já com um moleque junto =)

Conclusão de hoje: Quando estiver em Ottawa, aposte tudo num bêbado mas não confie no Google.

Eu continuo com o resto da visita a Ottawa depois.

Quer saber mais?

2 thoughts on “Ottawa – Parte II

  1. hahaha! Perfeita a descrição do que a ala masculina esperaria encontrar!

    Como não posso ir pra Ottawa ou pra Holanda mesmo, fui pra Holambra recentemente. Azarado, não vi tulipa nenhuma de verdade. Época errada. :-p

  2. Pra variar, a ala masculina foi coagida e enganada. Havíamos ouvido falar que haveria modelos desfilando vestidas _somente_ com tulipas… mas não vimos sequer um palhaço vestido com aquelas roupas de festas infantis…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *