Geddy Lee

Geddy LeeFalar de Canadenses sem falar de Rush é um sacrilégio. E falar de Rush significa falar do senhor Gary Lee Weinrib, mais conhecido como o vocalista, baixista, tecladista, tenista, excursionista, propagandista e sexista da banda.

Esse pequeno retirante cearense fugiu do calor de Mossoró no interior do Ceará e viajou mais de 10 mil quilômetros em um pau-de-arara até chegar nas terras congeladas no Canadá, onde teve que aprender rapidinho como tocar outra coisa que não fosse uma sanfona e uma zabumba senão ia morrer de fome pois seu estoque de rapadura e queijo de cuia estavam acabando rapidamente.

Palhaçadas a parte, Geddy Lee nesceu na verdade em 29 de julho de 1952 (ó mãe, quase no teu aniversário), filho de pais judeus-poloneses que fugiram dos campos de concentração de Dachau e Bergen-Belsen durante a Segunda Guerra Mundial. Parido e criado em Toronto, Ontário, esse garoto cresceu para se tornar um dos maiores músicos da história do Rock. Responsável por solos de baixo de 8 minutos que levam o público à loucura, a voz estridente e relampejante desse filhote de cruz-credo somada à sua fantástica habilidade como músico parte fundamental de qualquer um que curte o bom e velho rock’n roll.

Bom, além de grande músico, o homem é uma pessoa mais normal do que parece. Ele é fã de seriados como Os Sopranos e Beavis and Butthead e maníaco pela obra de J.R.R. Tolkien, em especial O Senhor dos Anéis. Ele também já se declarou super apaixonado por baseball em uma entrevista feita para o Sporting News, além de ter demonstrado um grande interesse em um dia patrocinar um time menor da Liga. Contam as lendas que você sempre pode encontrá-lo em jogos do Blue Jay comendo um cachorro-quente.

Como se não bastasse o sucesso e o respeito que adquiriu como músico, ele também foi premiado com a Ordem do Canadá, prêmio vitalício concedido pelo governo canadense a pessoas que prestaram grandes serviços à Nação e à humanidade como um todo.

Curiosidades

  • O apelido “Geddy” foi inspirado na mãe dele, que devido ao forte sotaque sempre pronunciava o nome do filho parecido com isso.
  • Lee foi encontrado na última hora por Alex Lifeson para substituir Jeff Jones, baixista anterior da banda que resolveu ir à uma festa ao invés de tocar como havia combinado.
  • Ele estudou no primário com o comediante Rick Moranis.
  • Já foi eleito melhor baixista do mundo por 6 vezes.
  • Sua maior influência musical é Jack Bruce, baixista do Cream e ex-parceiro de Eric Clapton e Ginger Baker.

Se você quiser saber mais sobre o grupo Rush e ter uma visão mais musical sobre essa e outras grandes bandas, dê uma olhada no artigo escrito pelo Kleber no Blog dele.

Momento Cultural

Geddy Lee dá valiosas dicas sobre como aproveitar o inverno canadense de maneira agradável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *